Bom Conselho-PE,

Ensino Fundamental

O Ensino Fundamental tem hoje a tarefa de promover apropriação de saberes, procedimentos, atitudes e valores por parte dos estudantes, pela ação mediadora os educadores, através da organização curricular, que compõe conteúdos sequenciados, articulados, selecionados com os mais significados nas áreas do conhecimento, levando em conta o multiculturalismo. Todavia, o currículo em sua organização insere o contexto social, uma vez que ele é historicamente situado e culturalmente determinado, portanto, nossa escola organiza este de diversas naturezas, atos e conceitos, procedimentos e atitudes, valores e normas, trabalhando-os de forma inter-relacionada e inserindo a interdisciplinaridade, que fortalece a natureza específica, de cada forma de conhecimentos, de que derivam as disciplinas estruturadas em torno de conceitos centrais e peculiares, dotadas de uma estrutura lógica própria e de técnicas particulares para explorar a realidade, sem perder de vista a transversalidade, que requer uma reflexão ética como eixo norteador.

A organização curricular adotada pela Instituição de Ensino em concordância com a Resolução CEB / CNE n° 02 de 1998 para o Ensino Fundamental tem como princípios norteadores das suas ações pedagógicas, os seguintes tópicos:

- Os princípios éticos da autonomia, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum;

- Os princípios dos Direitos e Deveres de cidadania, do exercício da criticidade e do respeito à ordem democrática;

- Os princípios estéticos da sensibilidade, da criatividade e da diversidade de manifestações artísticas e culturais.

Tais princípios orientam a organização dos programas de todas as áreas que compõem o currículo do Colégio de Nossa Senhora do Bom Conselho. A partir delas, estão definidos os pressupostos teóricos e metodológicos de cada uma das disciplinas: Língua Portuguesa, Artes, Educação Física, História, Geografia, Filosofia Ciências, Matemática, Ensino Religioso.Bem como os Projetos setoriais que tem por finalidade o pleno desenvolvimento do estudante, visando o seu preparo para o exercício da cidadania e o seu desenvolvimento profissional, baseado nos objetivos que têm como referências, o Art. 32º da LDBEN, cujo horizonte é a formação básica do cidadão, assim como proporcionar ao educando, uma aprendizagem significativa e de qualidade pautada nas diretrizes pedagógicas curriculares, garantindo o exercício pleno da cidadania.